Notícias

MATO GROSSO
23/03/2021

Atacadistas mantêm compromisso de continuar abastecendo o estado

Com a adoção de novas medidas restritivas em praticamente todos os estados devido ao recrudescimento da pandemia, a Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (AMAD) reforça que o atacado distribuidor, que atende o pequeno e médio varejo alimentar, mantém o compromisso de não interromper o abastecimento do comércio, garantindo a disponibilidade de bens de consumo de primeira necessidade.

Durante o ano de 2020, o setor não interrompeu a atividade por um dia sequer em Mato Grosso, ciente da importância do serviço prestado e respaldado na Lei 7.783/1989, que foi reforçada pelo Decreto Presidencial 10.282/2020, que torna o atacado distribuidor atividade essencial da economia. 

"Nesse sentido, reafirmamos a disposição de manter, em parceria com a indústria e o varejo, a normalidade do abastecimento para prover as necessidades das famílias mato-grossenses", destaca o presidente da AMAD, Luciano de Almeida. O atacado distribuidor de Mato Grosso é responsável pelo abastecimento de 62% do canal varejista do estado, com uma frota de aproximadamente 10 mil caminhões e carros.

O setor gera mais de 40 mil empregos diretos e indiretos, sendo o elo entre as indústrias e os pequenos e médios varejos de vizinhança, que permite às famílias adquirirem produtos de primeira necessidade perto de suas casas, reduzindo a circulação de pessoas, como orientam as autoridades nesse momento de pandemia.

"Mais do que nunca, mantemos os mercados abastecidos, garantindo emprego para milhares de trabalhadores, diretos e indiretos, fazendo a economia circular neste momento difícil não só para a saúde, mas para milhares de empresas que foram e estão sendo afetadas pela pandemia", comenta Luciano. 

Segundo ele, o setor atacadista e de distribuição apoia a vacinação em massa, o distanciamento social e as medidas de higiene e prevenção capazes de proteger colaboradores e a sociedade em geral. "Nós reiteramos o nosso apoio à todas as medidas de biossegurança e ao controle contra a contaminação da doença", conclui o presidente da AMAD. 

Ações Sociais 

Além de gerar emprego e renda, a AMAD realiza todos os anos ao menos três campanhas beneficentes, por meio da AMAD Mulher, braço social da entidade, visando melhorar a qualidade de vida de pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade. Em 2020, devido à pandemia da Covid-19, graças às doações dos associados, foram entregues mais de 45 toneladas de alimentos, produtos de limpeza e higiene para a população carente de Mato Grosso.

No final do ano, como já feito há muitos anos pela Associação, foram doadas cerca de duas toneladas de frangos congelados a serem preparados para a ceia de Natal de famílias carentes, bem como pacotes de biscoitos e pães.

Fonte: Luciane Mildenberger - Assessoria de Imprensa